BitcoinBlockchainCriptomoedas

Adeptos do Bitcoin impulsionam uso da moeda digital em Niterói

Academia e coworking já aceitam a moeda digital e grupo promove encontro para falar sobre o assunto


Novo formato. Proprietário da academia Tio Sam, Antonio Kalil aceita a moeda para pagamento das atividades – Roberto Moreyra

Desde o início do mês, a malhação na Academia Tio Sam, em Camboinhas, pode ser paga com a criptomoeda bitcoin.

Vários tipos de negócios vêm adotando a moeda digital, que tem, em todo mundo, a maior aceitação entre as mais de 1.500 já existentes.

Antonio Kalil implementou a novidade em sua academia, a pedido de clientes e também para acompanhar o mercado.

— As criptomoedas são o futuro dos meios de pagamento. Nós percebemos que as pessoas começaram a se interessar e tratamos de desenvolver uma maneira de incluir esse meio de pagamento. Queremos ajudar a desenvolver essa economia no Brasil, porque vai ser algo bom para a sociedade. Uma nova alternativa — afirma Kalil.

Como o valor das moedas digitais varia de acordo com a movimentação na web — assim como funciona com ações da Bolsa de Valores —, para calcular a quantidade de bitcoins a ser paga pela mensalidade, a academia usa um aplicativo que faz a conversão.

— O pagamento é feito rapidamente. Para a empresa é muito interessante, porque eliminamos taxas de pagamentos via cartão, e o recebimento do valor é instantâneo — explica Ricardo Kalil, sócio da Tio Sam que implementou a forma de cobrança no local.

Quem também vê benefício em se ver livre das taxas impostas pelos pagamentos no crédito ou no débito é Sandro Rocha, do Colworking instalado no Plaza Shopping.

Por lá, quem quiser pagar o aluguel de uma sala pode usar dinheiro, pagar via empresa on-line ou por meio de transação com Bitcoin.

Só não tem máquinas de cartão de crédito, justamente pelas taxas. Apostando na atitude arrojada, Rocha acredita que o mercado cresça para que a moeda digital seja uma realidade diária.

NI Niterói (RJ) 06/03/2018 Bitcoins – COl é o proproetário da Coworking no Plaza ShoppingFoto: Roberto Moreyra / Agência O Globo – Agência O Globo

— Hoje não temos muitas soluções que facilitem o uso de bitcoin no Brasil. Não se pode comprar um sorvete com bitcoin, é preciso reverter a criptomoeda em real para usar o dinheiro para comprar o sorvete. As empresas precisam desenvolver soluções para que seja mais fácil fazer as transações, e as pessoas precisam, cada vez mais, se abrir para a mudança. Tem muito espaço para desenvolvimento — diz Rocha.

ENCONTRO MENSAL EM ICARAÍ

Engajados em impulsionar esse fluxo, Pedro Marins e Adriano Cupello criaram uma empresa que reúne ações para auxiliar no desenvolvimento das criptomoedas.

Entre as atividades, eles promovem um encontro gratuito e mensal em Icaraí, para debater assuntos relacionados a criptomoedas.

— Sempre chega gente nova, pessoas que não entendem nada e as que já são investidoras. O encontro é para qualquer pessoa — garante Cupello.

Adriano Cupello (à esquerda) e Pedro Marin mostram no tablet um gráfico de variação da criptomoeda: os dois criaram uma empresa em Niterói – Roberto Moreyra

Para os dois, o futuro caminha para a adoção crescente das criptomoedas, que estão longe de serem consideradas uma moda passageira:

— Elas têm todo o potencial para tornar as transações financeiras mais rápidas. Só falta criarem soluções viáveis, e isso já está sendo feito. As moedas digitais conquistam cada vez mais espaço. É uma forma de tirar o poder do banco e transmiti-lo para as pessoas. Podemos dizer que é uma moeda ideológica. Atualmente, temos mais CPFs cadastrados para transações com criptomoedas no Brasil do que para transações na Bovespa — completa Marins.

POR DANIELA KALICHESKI para O GLOBO

. . . .

Faça parte do nosso Canal VIP no Telegram
As melhores análises da atualidade.
Acesse → bit.ly/RegistroBitcoinMoveVIP

Uma amostra do Canal VIP? Canal FREE →  t.me/btcmove

Participe de nossa comunidade:
Grupo FREE | FÓRUM → bit.ly/BitcoinMoveFree

Conheça todos os nossos serviços → www.BitcoinMove.com.br/servicos

Teve sucesso com uma de nossas análises? DOE:
BTC: 16Gb1i1x7ioaW2QtGCGKFapoD4CZRezAhz
LTC: LWgzt17pHrinyxU7rnRKshpvMvUFMoKS8c
ETH: 0xa02f8e619b77bb8E77180CC5E44Ab72C538d6cba
BCH: 1FJ2kBVYHmewHHFo4bTvQcJTSS3rgW3Q7R

Dúvidas? Fale conosco:

E-mail: contato@bitcoinmove.com.br
Telegram: @bitcoinmove
Facebook: https://www.facebook.com/bitcoinmove
Site: www.BitcoinMove.com.br

Comente e fortaleça a comunidade cripto no Brasil:
%d blogueiros gostam disto: