BitcoinBlockchainCriptomoedas

Casa de câmbio digital em risco de colapso após os bancos se recusarem a fazer negócios

A casa de câmbio digital e fornecedora de serviços de carteira de criptomoedas finlandesa , a Prasos Oy,está a um passo de ser “congelada”, uma vez que a maioria dos bancos finlandeses já não conduzirão mais negócios com eles, segundo relatórios da Bloomberg em 9 de Março.

Fundada em 2012 , a Prasos viu um aumento de dez vezes nos volumes de transações atingindo $185 milhões em 2017, o que tornou-se um assunto preocupante entre os bancos.

Os bancos finlandeses não têm um conjunto codificado de regulamentos em torno da criptomoeda, e a natureza anônima das transações com moedas digitais poderia potencialmente ir contra as leis de anti-lavagem de dinheiro (AML). Como resultado, quatro bancos; S-Bank, OP Group, Saastopankki e Nordea Bank AB fecharam as contas da Prasos Oy em 2017. Por enquanto, a Prasos tem que administrar todas as transações de seus clientes através de um único banco.

Tomi Narhinen, CEO da Saastopankki, comentou que o caráter anônimo das operações com criptomoedas viola as leis AML da União Européia (UE).

“Na maioria dos casos, é praticamente impossível ou pelo menos muito difícil fazer negócios com revendedores e casas de câmbio digital, porque pode ser impossível determinar a origem dos fundos”, disse Narhinen.

O CEO da Prasos, Henry Brade, observou que a empresa enfrenta uma situação crítica. “O risco é que poderemos ver nossa última conta bancária fechada antes que possamos abrir a próxima”, afirmou Brade. “Isso congelaria nossos negócios”.

O “status legal” das criptomoedas na União Europeia foi posto em questão em Dezembro de 2017, quando a UE decidiu regulamentar mais de perto as casas de câmbio digital para proteger os bancos contra a lavagem de dinheiro e evasão de impostos.

Brade observou que a empresa tem adaptado as medidas de AML, e espera que as autoridades formulem as regulamentações necessárias.

“Criamos práticas de identificação – que utilizamos em Março – e cumprem plenamente com as leis e regulamentações contra a lavagem de dinheiro, mesmo que as autoridades nem sequer exigem isso de nós, pois nosso negócio não está sob obrigações regulatórias”.

Em Fevereiro que as autoridades finlandesas se confundiram em razão das diretrizes do tesouro em torno do armazenamento de 2.000 Bitcoins confiscados.

Helen Partz para CoinTelegraph

. . . .

Faça parte do nosso Canal VIP no Telegram
As melhores análises da atualidade.
Acesse → bit.ly/RegistroBitcoinMoveVIP

Uma amostra do Canal VIP? Canal FREE →  t.me/btcmove

Participe de nossa comunidade:
Grupo FREE | FÓRUM → bit.ly/BitcoinMoveFree

Conheça todos os nossos serviços → www.BitcoinMove.com.br/servicos

Teve sucesso com uma de nossas análises? DOE:
BTC: 16Gb1i1x7ioaW2QtGCGKFapoD4CZRezAhz
LTC: LWgzt17pHrinyxU7rnRKshpvMvUFMoKS8c
ETH: 0xa02f8e619b77bb8E77180CC5E44Ab72C538d6cba
BCH: 1FJ2kBVYHmewHHFo4bTvQcJTSS3rgW3Q7R

Dúvidas? Fale conosco:

E-mail: contato@bitcoinmove.com.br
Telegram: @bitcoinmove
Facebook: https://www.facebook.com/bitcoinmove
Site: www.BitcoinMove.com.br

Comente e fortaleça a comunidade cripto no Brasil:
%d blogueiros gostam disto: